Último dia de inscrições para os agentes penitenciários interessados em integrar o COPE

Campo Grande (MS) – Com o objetivo de designar agentes penitenciários para integrarem o Comando de Operações Penitenciárias (COPE),  a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) abriu um processo de seleção. Só podem se candidatar agentes da área de Segurança e Custódia que concluíram com aproveitamento o Curso “Treinamento para Intervenção Rápida, Contenção, Vigilância e Escolta do Sistema Penitenciário”.

As inscrições poderão ser feitas até as 11 horas desta sexta-feira,  4 de maio de 2018. O formulário para preenchimento está disponível no site www.agepen.ms.gov.br, item Downloads, Escola Penitenciária, Ficha de Inscrição para o COPE (clique aqui e acesse).

Inicialmente, serão ofertadas 25 vagas, distribuídas entre as cidades de Campo Grande, Dourados, Naviraí e Três Lagoas. A intenção é que a equipe seja ampliada gradativamente, conforme necessidade e conveniência da Agepen.

O  Edital de abertura de inscrições foi publicado no Diário Oficial do Estado do dia 18 de abril (clique aqui e confira o Edital completo, disponível a partir da página 10).

Ao se candidatar, o interessado está automaticamente se inscrevendo para o Teste de Aptidão Física (TAF), exigido para compor a equipe. A avaliação será realizada no próximo dia 12 de maio, no Estádio Morenão. As provas previstas, bem como o modo e tempo de execução estão detalhados no Edital.

 

De acordo com o Edital, serão aceitas somente fichas digitadas, assinadas e enviadas via E-doc para a Escola Penitenciária ou pelo e-mail: escolapenitenciaria@agepen.ms.gov.br.

Para participação no TAF, além do envio da ficha de inscrição, o candidato deverá apresentar à Espen (até a data de encerramento das inscrições) declaração da Divisão de Recursos Humanos da Agepen de que é servidor efetivo do Sistema Penitenciário Estadual – Área de Segurança e Custódia, além do certificado de Conclusão do Curso “Treinamento para Intervenção Rápida, Contenção, Vigilância e Escolta do Sistema Penitenciário”.

Também é exigido que seja entregue o atestado de aptidão física, emitido por profissional médico cardiologista ou ortopedista, constando expressamente que se encontra em condições de submeter-se a situações de intenso desgaste físico e mental inerentes à função; além dos exames específicos previstos no Edital. Todos os exames e laudos médicos deverão conter CRM, carimbo e assinatura do médico responsável, sendo aceitos apenas os originais.

Após aprovação no Teste de Aptidão Física e demais comprovações, os candidatos passarão por avaliação psicológica e serão selecionados pela Diretoria de Operações (DOP), com base nas exigências contidas na Lei nº 5.147, de 27 de dezembro de 2.017, que regulamentou a criação do Comando de Operações Penitenciárias.