Agentes apreendem celulares e entorpecentes na Máxima durante revistas de rotina

Categoria: Segurança Pública | Publicado: sexta-feira, outubro 21, 2016 as 10:46 | Voltar

Campo Grande (MS) – Vistorias de rotina realizadas por servidores penitenciários na Penitenciária de Segurança Máxima da Capital têm resultado na apreensão de materiais proibidos, impactando diretamente na segurança da unidade prisional. As duas mais recentes foram realizadas nestas quinta e sexta-feira.

Apenas em uma revista pontual realizada ontem (20), no pavilhão 2, os agentes penitenciários apreenderam 26 aparelhos de celulares, 10 carregadores, uma balança digital (do tamanho de um celular), além de uma serra e ferro de solda.

Já na manhã desta sexta-feira (21), durante ronda pelo entorno dos pavilhões os agentes encontraram cinco celulares, quatro carregadores, quatro fones de ouvido e quatro porções de maconha.

Segundo o diretor da penitenciária, João Bosco Correia, os materiais apreendidos, provavelmente, foram jogados por cima da muralha. "Nossos agentes têm feito verificações constantes, já que o arremesso de ilícito pelo muro é uma técnica muito utilizada pelos criminosos para a entrada de materiais não permitidos no presídio", explica.

apreensao-maxima-21-10-2016

Para o diretor-presidente da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), Ailton Stropa Garcia, a realização constante de revistas na unidade é de suma importância para a manutenção da disciplina. "Acreditamos que, com esses procedimentos rotineiros, o empenho da equipe e o trabalho de qualidade apresentado, conseguiremos o controle de materiais ilícitos”, destaca.

Publicado por: Keila Terezinha Rodrigues Oliveira

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.