Agentes realizam apreensões de drogas e celulares no Instituto Penal e em presídios de Cassilândia e Paranaíba

Categoria: Geral | Publicado: terça-feira, setembro 29, 2015 as 14:34 | Voltar

Campo Grande (MS) – O trabalho rotineiro de revistas em busca de materiais ilícitos em presídios, realizado por agentes penitenciários, possibilitou a apreensão de drogas e celulares e outros produtos proibidos em presídios da Capital e do interior neste início de semana, conforme dados informados pela Diretoria de Operações da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (DOP/Agepen).

IPCG

No Instituto Penal de Campo Grande (IPCG), os agentes flagraram nos fundos do pavilhão 1, próximo à linha de tiro, 1943 gramas de maconha, provavelmente arremessados pelo muro da unidade prisional, que está localizado ao lado de uma rua de grande fluxo de pessoas e veículos.

Em Paranaíba, no presídio de regime fechado, os servidores da Agepen localizaram 60 trouxinhas com cocaína, além 70 gramas da droga em outro recipiente e 160 gramas de maconha. Também foram apreendidos dois celulares, três baterias, seis fones de ouvido, dois carregadores e três cabos USB. A droga e os materiais foram encontrados durante vistoria no pavilhão I. Grande parte dos ilícitos estava escondida no encanamento do solário, acondicionados em preservativos e sacolas plásticas para não estragarem com a umidade do local.

Apreensão Pcas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Estabelecimento Penal de Cassilândia também registrou apreensão de um celular pelos agentes penitenciários. O equipamento estava no telhado do solário C e provavelmente foi arremessado pelo muro da unidade prisional.

 

Publicado por: Keila Terezinha Rodrigues Oliveira

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.