Agepen retoma trabalho de enfrentamento à drogadição entre custodiados e promove 1º Encontro Virtual entre os grupos

Categoria: Ressocialização | Publicado: quarta-feira, setembro 29, 2021 as 13:12 | Voltar

Com foco na prevenção ao uso abusivo de substâncias psicoativas, a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) promoveu o primeiro encontro virtual dos Grupos de Enfrentamento à Dependência Química das unidades penais de Mato Grosso do Sul em parceria com o Narcóticos Anônimos (N.A.). A ação representa o retorno gradativo das atividades desde o início da pandemia.

Internos de Dois Irmãos do Buriti também participaram do encontro virtual.

A live realizada, na última quinta-feira (23.9), contou com a participação de 100 reeducandos distribuídos em 20 unidades prisionais e foi coordenada pela Diretoria de Assistência Penitenciária, por meio da Divisão de Promoção Social.

Além de promover a recuperação e reintegração social dos dependentes químicos que estão em cumprimento de pena, a iniciativa visa minimizar o impacto das drogas e possibilitou o diálogo e compartilhamento de histórias e sentimentos.

Conforme a chefe da Divisão de Promoção Social, Marinês Savoia, o encontro possibilitou um importante instrumento no tratamento destes custodiados.

“A reunião virtual proporcionou integração, aprendizado e reflexão sobre a adicção e os prejuízos nocivos da doença. Neste momento de pandemia, a internet é uma ferramenta essencial e eficaz na continuidade do tratamento aos dependentes químicos e a Agepen utilizou dessa tecnologia para ressocializar”, destaca Marinês.

Reeducandos de Três Lagoas durante a live.

A chegada da pandemia demonstrou a importância de ferramentas digitais, que ajudam a estreitar os laços e a distância entre as pessoas, a exemplo da operacionalização das visitas sociais virtuais.

Além da capital, também participaram unidades penais das cidades de Amambai, Aquidauana, Bataguassu, Cassilândia, Corumbá, Dois Irmãos do Buriti, Dourados, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Rio Brilhante, São Gabriel do Oeste e Três Lagoas.

O Narcóticos Anônimos utiliza o programa conhecido por Doze Passos, que busca auxiliar os privados de liberdade, usuários de substâncias psicoativas, no enfrentamento à dependência química e no processo de recuperação. As reuniões são periódicas e a participação é voluntária.

Durante os encontros, os integrantes do N.A. e convidados também partilham suas próprias experiências com o uso das diversas drogas e como suas vidas mudaram a partir do momento em que passaram a encarar a adicção como doença. A principal meta é superar o hoje, um dia de cada vez.

Publicado por: Tatyane Oliveira Santinoni

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.