Após articulação, reeducandos são imunizados contra a Influenza na Casa do Albergado de Campo Grande

Categoria: Saúde Prisional | Publicado: segunda-feira, julho 19, 2021 as 13:46 | Voltar

Homens que cumprem pena no Estabelecimento Penal de Regime Aberto e Casa do Albergado de Campo Grande receberam a vacina contra a Influenza dentro da própria unidade. A ação é resultado da articulação entre a direção do presídio e a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), por meio da Unidade Básica de Saúde (UBS) Lar do Trabalhador.

A imunização ocorreu, no início do mês, e contemplou 45 internos vacinados, além de oito servidores penitenciários. A aplicação da dose foi realizada pela equipe de saúde da UBS, que se deslocou até a unidade penal para executar a imunização.

Ação conjunta entre a direção da unidade e UBS Lar do Trabalhador imunizou 45 reeducandos em regime aberto.

Conforme o diretor da unidade penal, Creone da Conceição Batista, esta é a primeira vez que a unidade penal desenvolve imunização no local, aprimorando os serviços prestados tanto aos profissionais quanto aos apenados.

“Esse trabalho é resultado de um diálogo direto junto ao município que visa garantir maior prevenção à saúde dos envolvidos, bem como, oferecer maior comodidade para a imunização, não tendo a necessidade de se deslocarem até uma UBS mais próxima para receber a vacina”, informou o diretor.

Além da imunização contra a gripe, também foram realizadas tratativas para os atendimentos médicos, realização de exames e vacinas em geral, incluindo contra a Covid-19. “Conversamos pessoalmente com a gerente da UBS, Mariana Lopes Soares do Nascimento, que se prontificou em atender a demanda da nossa unidade penal”, agradeceu Creone.

Para a chefe da Divisão de Assistência à Saúde Prisional, Maria de Lourdes Delgado Alves, a articulação entre as partes envolvidas é fundamentação nas ações de assistência à saúde prisional. “Essa integração entre as instituições resulta em bons resultados, que beneficiam pessoas privadas de liberdade e servidores”, enfatizou.

O procedimento foi realizado pelos profissionais da saúde da UBS Lar do Trabalhador, chefiado pela gerente Mariana Lopes, acompanhado pelo diretor da unidade penal Creone, pela técnica Suellen Toratti dos Santos e equipe de servidores penitenciários.

Publicado por: Tatyane Oliveira Santinoni

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.