Agepen doa brinquedos confeccionados por detentos da Capital para o Programa Rede Solidária

Categoria: Ação Social | Publicado: sexta-feira, agosto 12, 2016 as 15:26 | Voltar

Campo Grande (MS) – Mais de 30 brinquedos pedagógicos em madeira, confeccionados por detentos do regime fechado da Capital, foram entregues na manhã desta sexta-feira (12) para a Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), na Penitenciária de Segurança Máxima. Os brinquedos serão destinados ao Programa Rede Solidária 2, no Jardim Noroeste.

20160812122642__MG_0421

“É muito bom saber que esses brinquedos irão ser utilizados por crianças da nossa nova unidade do Rede Solidária aqui no Jardim Noroeste, e que no fim esses materiais acabam se tornando referência em nossas brinquedotecas", destacou a  titular da Sedhast, Elisa Cleia Nobre. Segundo ela, parcerias como essa, com a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), só "confirmam ainda mais o entrosamento da equipe de governo, reforçando nossa luta por um estado que olhe para quem mais necessita".

SONY DSC

Também presente na cerimônia de entrega, o secretário da Sejusp, José Carlos Barbosa, enalteceu a dedicação dos servidores em coordenar ações que visem a ressocialização. “Esse é um trabalho em que a sensibilidade e a humanidade devem estar presentes sempre. A dedicação de nossos servidores em incentivar o artesanato, resultando nesses brinquedos, mostra isso”, disse o secretário destacando também a integração dos setores de governo.

De acordo com o diretor-presidente da Agepen,  Ailton Stropa Garcia, os brinquedos foram confeccionados no Máxima, Instituto Penal de Campo Grande e Presídio de Trânsito, sob coordenação da Diretoria de Assistência Penitenciária, através da Divisão do Trabalho. Conforme o dirigente, essa é a segunda doação de brinquedos pedagógicos feitos à Sedhast.

Na oportunidade também foram homenageados servidores da Agepen e autoridades presentes pelo Dia dos Pais.

IMG-20160812-WA0014

 

Também participaram da entrega o secretário-adjunto da Sedhast, Adriano Chadid, o superintendente de Políticas Penitenciárias da Sejusp, Rafael Garcia Ribeiro, e os diretores de área da Agepen Gilson Martins (Assistência Penitenciária) e Reginaldo Régis (Operações), entre outros .

Rede Solidária II

O Bairro Noroeste foi escolhido para receber o programa de Governo por conta de diagnóstico de vulnerabilidade social. São mais de 13 mil moradores na região e levantamentos realizados pela Sedhast apontaram que houve aumento de 150% nos homicídios na região de 2014 para 2015. Outra situação é que grande parte da população é de crianças e o bairro ainda apresenta o pior índice de qualidade de vida da Capital, segundo o Relatório da Prefeitura (Planurb-2015).

Construído em uma área de 7.200 m² e com uma estrutura física de 2.338 m²  a unidade conta, desde a implantação, com parcerias da iniciativa privada e de voluntários. A previsão de início das atividades é para esse segundo semestre de 2016.

Com informações de Leomar Alves Rosa, assessoria Sedhast.

Fotos: Ana Paula Oliveira e João Garrigó

Publicado por: Keila Terezinha Rodrigues Oliveira

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.