Com foco na reintegração social de custodiados, sala multiuso é inaugurada no presídio de Segurança Máxima da capital

Categoria: Ressocialização | Publicado: quarta-feira, setembro 18, 2019 as 06:50 | Voltar

Campo Grande (MS) – Para promover atividades educativas e orientações aos reeducandos do Estabelecimento Penal “Jair Ferreira de Carvalho” (EPJFC) – presídio de Segurança Máxima da capital, uma sala multiuso acaba de ser inaugurada. O evento aconteceu essa semana e logo após foi apresentada uma palestra sobre a importância do mercado de trabalho.

Ministrada pela psicóloga, Sheila Ramos Machado, a palestra com o tema “Preparando-me para o mercado de trabalho” faz parte do início do grupo de orientação profissional. Ao todo, serão realizados oito encontros, uma vez por semana, com a participação de 25 internos, com o intuito de abordar sobre o autoconhecimento, as projeções pessoais, profissões do futuro e como se preparar para o mercado de trabalho. Os trabalhos serão desenvolvidos pela assistente social, agente Eliomar Alves Silveira, e pela psicóloga, agente Luciana Borges Mendes.

O novo local também será utilizado para retomar as reuniões com o grupo de enfrentamento à dependência química, além de realizações de palestras, debates, cursos diversos desenvolvidos pela Agepen e parceiros, bem como para ações de cunho religioso.

Em discurso, o diretor da unidade penal, Mauro Augusto Ferrari de Araújo, destacou que a construção da sala foi realizada no setor educacional do presídio justamente pensando na segurança. “Essa sala poderá ser usada para diversas finalidades, seja para pastoral carcerária, para atendimentos relacionados à saúde, enfim é multiuso tudo com foco na ressocialização dos custodiados”, reforçou.

Preso há seis anos, o reeducando Diogo Freitas de Oliveira, 34 anos, participou do primeiro encontro no grupo de orientação profissional. “A palestra foi muito boa e serve para todos nós, adquirimos conhecimento todos os dias e acredito que será bem produtivo os próximos encontros”, afirmou.

Já para Leandro Barrios Hamana, ter acesso sobre informações do mercado de trabalho garante mais oportunidade quando sair em liberdade. “Para mim está sendo bem esclarecedor, de certa forma, temos uma certa dificuldade social e participar do grupo vai me direcionar melhor, principalmente em como me portar em uma entrevista de emprego”, garantiu o interno.

Também prestigiaram a solenidade de inauguração a assessora da Diretoria de Assistência Penitenciária, Maria Noêmia Araújo Rodrigues; a chefe da Divisão de Promoção Social, Marinês Savoia; e a chefe da Divisão de Educação, Rita de Cássia Argolo Fonseca.

Publicado por: Tatyane Oliveira Santinoni

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.