Diretor-presidente da Agepen acompanha juízes em visita a obras no novo complexo penal da Capital

Categoria: Agepen | Publicado: terça-feira, fevereiro 26, 2019 as 16:56 | Voltar

Campo Grande (MS) – O diretor-presidente da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), Aud de Oliveira Chaves, acompanhou, nessa segunda-feira (25.2), a visita de juízes no complexo penitenciário da Gameleira para verificar o andamento das obras dos três presídios em construção.

Participaram da visita o corregedor-geral de Justiça, Des. Sérgio Fernandes Martins, e o supervisor da Coordenadoria das Varas de Execução Penal (Covep), Des. Luiz Gonzaga Mendes Marques, acompanhados pelo juiz Albino Coimbra Neto, da 2ª Vara de Execução Penal da Capital, e pelo juiz auxiliar da Corregedoria, Cezar Luiz Miozzo. Também estiveram presentes o coordenador de Políticas Penitenciárias da Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Rafael Garcia Ribeiro, e o engenheiro da Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), Humberto Higa, entre outros.

De acordo com o projeto, as obras têm a finalidade de atender as necessidades do déficit de vagas no sistema prisional de Mato Grosso do Sul. São duas unidades prisionais masculinas, com 603 vagas cada, e um feminino, com 407 vagas.

O complexo “A” masculino, o primeiro a ser visitado, já está em fase de acabamento, cujo funcionamento efetivo está previsto para o final deste semestre. Já o complexo “B” tem data prevista de conclusão para dezembro deste ano.

A unidade penal feminina está novamente em processo licitatório, já que houve problemas na execução das obras e o contrato com a construtora responsável foi rescindido. Contudo, o projeto elaborado pela Agesul deve aproveitar o que já está construído e fazer as correções dos problemas que ocorreram.

Segundo o Des. Luiz Gonzaga Mendes Marques, na última reunião realizada por membros da Covep, o Corregedor-Geral de Justiça manifestou interesse em conhecer de perto a real situação das obras do complexo penal. “Acho importante fazer esse acompanhamento, visitando in loco as obras”, declarou o coordenador da Covep.

Com informações do TJ-MS.

Fotos: Keila Oliveira

Publicado por: Keila Terezinha Rodrigues Oliveira

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.