Diretores de unidades prisionais de MS discutem melhorias e boas práticas em evento nacional do Ministério da Justiça

Categoria: Sistema Penitenciário | Publicado: segunda-feira, novembro 4, 2019 as 15:45 | Voltar

São Paulo (SP) –  O diretor-presidente da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), Aud de Oliveira Chaves, e três dirigentes de presídios de Mato Grosso do Sul estão participando, em São Paulo (SP), do 2º Encontro de Diretores de Unidades Prisionais, promovido pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), por meio do Departamento Penitenciário Nacional (Depen).

O evento, que conta com representantes de unidades prisionais de todo o país, tem por objetivo o intercâmbio de boas práticas, além de compartilhamento de informações sobre o sistema penitenciário.

Segundo o diretor-geral do Depen, Fabiano Bordignon, o encontro visa focar na liderança e formação dos diretores dos estabelecimentos prisionais, figuras decisivas para a execução penal, já que seu protagonismo é fundamental para que o ambiente prisional seja de disciplina e ordem.

Já o diretor de Políticas Penitenciárias do Departamento, Sandro Abel, reforça que o evento é uma forma de debater as experiências no setor de inteligência, boas práticas, automação, trabalho prisional e casos de sucesso, além do enfrentamento ao crime organizado, papel da corregedoria, entre outros temas discutidos na programação. Na oportunidade, também está sendo lançado o Curso de Formação dos Diretores, que será oferecido pelo Depen em parceria com a Fundação Pitágoras.

Dirigentes de MS com o diretor-geral do Depen,Fabiano Bordignon, e o diretor de políticas penitenciárias, Sandro Abel.

Pela Agepen, participam, ainda, do evento o diretor da Penitenciária de Segurança Média de Três Lagoas, Raul Augusto Aparecido Sá Ramalho – autor de projetos inéditos no estado como a horticultura hidropônica e a piscicultura, ambas atividades que visam capacitação e ocupação produtiva de custodiados; o diretor do Centro Penal Agroindustrial da Gameleira, Adiel Barbosa – a unidade é considerada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) modelo para o cumprimento do regime semiaberto no Brasil; e o diretor da Unidade Mista Estadual de Monitoramento Virtual, Ricardo Teixeira – o uso da tornozeleira como alternativa ao encarceramento é relativamente novo no estado, mas a forma estruturada e efetiva que o trabalho vem sendo feito também está servido de referência para outros estados.

Aud Chaves com o diretor-geral do Depen e com o diretor da penitenciária federal de Campo Grande.

Para o diretor-presidente da Agepen, é importante levar um pouco do que é desenvolvido em Mato Grosso do Sul ao mesmo tempo em se conhece outras possibilidades, através de projetos de sucesso realizados em outros pontos do Brasil. “Esse intercâmbio de experiências, somado às informações que são ofertadas pelo Depen são muito importantes para o aperfeiçoamento do nosso trabalho. Com certeza, sairemos com novas ideias e objetivos”, ressalta.

O 2º Encontro de Diretores de Unidades Prisionais teve início nesta segunda-feira (4.11) e prossegue até amanhã. Pelo estado também está presente o diretor da Penitenciária Federal de Campo Grande, Rodrigo Almeida Morel.

Com informações do Depen.

Publicado por: imprensaagepen

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.