Em Dourados, cultivo de hortaliças proporciona trabalho e aprendizado a custodiadas do regime semiaberto

Categoria: Geral | Publicado: segunda-feira, junho 22, 2015 as 16:40 | Voltar

Dourados (MS) – Uma horta instalada no Estabelecimento Penal Feminino de Regimes Semiaberto e Aberto de Dourados (EPFRSAAA-D) está garantindo ocupação produtiva às custodiadas e reforço na alimentação servida no presídio. O espaço começou a ser estruturado no ano passado e foi inaugurado oficialmente na manhã desta segunda-feira (22) com a presença do diretor-presidente da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), Ailton Stropa Garcia, e de autoridades locais.

No local, estão plantados hortaliças e legumes diversos como couve, alface, coentro, cebolinha, salsinha, rúcula, cenoura e beterraba, além de plantas medicinais. A horta foi instalada em um terreno de 1,5 mil m² que fica ao fundo da unidade prisional e foi cedido a título de comodato por prazo indeterminado.

O espaço foi estruturado com o apoio do Poder Judiciário, Ministério Público e Conselho da Comunidade de Dourados. A implementação conta ainda com uma parceria da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), através do curso de Agronomia.

Inauguração Horta EPFRSAAA-D 8Conforme a diretora da unidade prisional, Luzia Aparecida Ferreira, em média, 20 detentas trabalham na horta. “As reeducandas que chegam na unidade, e que ainda não foram inseridas em trabalhos com empresas parcerias, passam a trabalhar na horta, como meio de ocupação produtiva”, explica. “Isso contribui para que elas tenham conhecimento sobre a agricultura familiar e, quem sabe, no futuro isso possa representar um 'ganha pão' para elas”, completa.

Segundo a dirigente, nesses meses de implantação, o sucesso da iniciativa se deve principalmente ao comprometimento com que a equipe de servidoras e as próprias internas trabalharam para que o projeto se efetivasse.

Inauguração Horta EPFRSAAA-D 9Para o diretor-presidente da Agepen, a horta do semiaberto feminino de Dourados é uma demonstração do empenho com o qual as administrações dos presídios do Estado têm atuado em prol de ações de reinserção social. “Tudo o que as internas aprenderem aqui servirá para o futuro, como forma de não voltarem a cometer crimes. A Agepen trabalha com objetivo de transformar a vida dos custodiados para melhor, usamos o trabalho, a educação, as orientações de saúde para isso”, afirma Stropa.

Presente na solenidade, o juiz responsável pela execução penal na comarca de Dourados, Cesar de Souza Lima, destacou o impacto que a ocupação produtiva traz para melhoria na disciplina das detentas. “E saber que as internas estão se ocupando, trabalhando e aprendendo uma profissão, tranquiliza também nós do Judiciário”, enfatiza.

Feira de Artesanato

Outro projeto de sucesso desenvolvido intramuros no estabelecimento prisional é a oficina de artesanato, na qual as reeducandas desenvolvem diferentes tipos de trabalho, como peças em mosaico, pintura em tela e arte em caixaria. A iniciativa tem como foco as custodiadas do regime fechado, que por determinação judicial cumprem pena no local.

Inauguração Horta EPFRSAAA-D 15Constantemente, são realizadas exposições na entrada do próprio presídio, como forma de divulgar os trabalhos e vender as peças para arrecadar dinheiro para as internas. Nessa segunda-feira, aproveitando a solenidade de inauguração da horta, foi realizada a 7ª Feira de Artesanato do EPRSAAA-D, demonstrando ao público presente a beleza e qualidade das peças.

Também participaram do evento o secretário Municipal de Agricultura Familiar e Economia Solidária, Landmark Ferreira Rios, que no ato representou o prefeito Murilo Zauith; a reitora da UFGD, Liane Maria Calarge; o promotor de Justiça Juliano Albuquerque e o comandante do Corpo de Bombeiros em Dourados, tenente-coronel Edson Ferreira Pinto, além de representes do Conselho da Comunidade de Dourados, da Ordem dos Advogados do Brasil, Guarda Municipal e diretores de unidades penais de Dourados e Jateí.

Publicado por: imprensaagepen

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.