Em missa, Bispo Auxiliar de Campo Grande estimula reflexão de custodiadas sobre erros cometidos e recomeço

Categoria: Assistência Religiosa | Publicado: sexta-feira, fevereiro 22, 2019 as 08:28 | Voltar

Campo Grande (MS) – Como parte do trabalho voluntário de assistência religiosa prestada pela Pastoral Carcerária da Igreja Católica em presídios de Mato Grosso do Sul, este mês, internas do Estabelecimento Penal Feminino “Irmã Irma Zorzi” (EPFIIZ), na Capital, participaram de uma missa celebrada pelo bispo Auxiliar da Arquidiocese de Campo Grande, Dom Mariano.

Com o tema “Jesus se faz presente na vida dos encarcerados e oprimidos”, a celebração abordou tomada de consciência, liberdade de agir, como o mal entrou no mundo, tentação, pecado, realidade complexa, álcool, drogas e suas consequências.

“Jesus tem poder de vencer o mal, basta você fazer sua escolha, que Ele pode te tirar dessa situação”, disse o bispo às detentas, incentivando a reflexão sobre erros cometidos e a possibilidade de recomeçar. Antes da missa, as custodiadas puderam se confessar.

Para a direção do presídio, a assistência religiosa é fundamental no processo de ressocialização e a Pastoral Carcerária é uma importante parceira em várias iniciativas.

As ações de assistência religiosa da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) são coordenadas pela Diretoria de Assistência Penitenciária, por meio da Divisão de Promoção Social.

Colaborou agente Juliana Almeida Tristão Vernochi, do EPFIIZ.

Publicado por: Keila Terezinha Rodrigues Oliveira

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.