Encontro voltado a dirigentes do sistema penitenciário prioriza integração e visa disseminar boas práticas

Categoria: Agepen | Publicado: quinta-feira, julho 11, 2019 as 15:17 | Voltar

Campo Grande (MS) – Troca de experiências, comunicação integrada e efetividade nos trabalhos desenvolvidos dentro das unidades penais de todo o estado estão sendo abordados no Encontro para Dirigentes do Sistema Penitenciário de Mato Grosso do Sul. A abertura do evento foi realizada nesta quinta-feira (11.7) em Campo Grande.

Presente na solenidade, o coordenador de políticas penitenciárias da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Rafael Garcia Ribeiro, parabenizou a iniciativa destacando que o diálogo e a capacitação são essenciais para aprimorar o desenvolvimento das atividades.

“A ideia aqui é multiplicar boas práticas e a possibilidade de trazer novas ideias a serem implantadas nos presídios; além de ser uma forma de colher de vocês, que estão lá na ponta no dia a dia da rotina penitenciária, informações importantes. Essa comunicação e integração com todos os dirigentes vai facilitar o trabalho e ajudar muito para o crescimento do sistema penitenciário de nosso Estado”, apontou Rafael.

Promovido pela Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), por meio da Escola Penitenciária (Espen), o encontro é destinado a servidores que ocupam funções gerenciais de todos os presídios do estado e Patronatos Penitenciários, e acontece até amanhã (12.7), no período integral, totalizando 20 horas.

O diretor-presidente da Agepen, Aud de Oliveira Chaves, agradeceu aos servidores pela disponibilidade em participar da capacitação, que vai contribuir na qualidade e padronização dos serviços prestados nas unidades penais.

“O servidor qualificado eleva nossa instituição e facilita nosso trabalho, além de evitar muitas cobranças de outros órgãos fiscalizadores. O maior patrimônio que a instituição tem são os servidores, então parabenizo a todos pelo desempenho e estamos aqui para dar respaldo, de forma que o trabalho aconteça da melhor maneira possível”, complementou o dirigente.

Durante o encontro serão abordados temas como: Noções de Contrainteligência, Liderança, Ética e Relações Interpessoais; Inteligência Emocional; Tecnologia da Informação no Sistema Penitenciário; Lei de Execução Penal e Direitos Humanos; Saúde Mental; Monitoramento Eletrônico; além de orientações da presidência da Agepen e palestras sobre “O Crime Organizado e o Sistema Prisional do MS” e diversidade sexual.

Conforme o diretor da Espen, Vilson Guedes, esse encontro é apenas o começo de um trabalho intensivo de capacitação. “Posteriormente vamos partir para o curso específico de diretores, conforme as demandas apresentadas a partir desse encontro. Paralelo a isso, terá início o curso de diretores oferecido pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen), na modalidade à distância. Tudo voltado para uma capacitação efetiva dos dirigentes e que possa somar para o trabalho de cada diretor nas unidades penais”, argumentou.

Homenagem

Na oportunidade, uma homenagem especial foi dedicada ao servidor aposentado, Pedro Carrilho de Arantes, que atuou na Agepen por quatro décadas e deixou a função como chefe de Gabinete há um mês. “Você é exemplo de respeito, trabalho, dignidade e o sistema penitenciário de nosso Estado deve muito a você, por ter sido um dos precursores e que deixou um legado importante para a instituição”, destacou Aud Chaves.

Como forma de agradecimento aos 40 anos dedicados à agência penitenciária, uma placa foi entregue ao servidor pela equipe do Gabinete da Agepen.

“Para mim é uma honra estar recebendo essa homenagem, mais uma vez eu estou sendo privilegiado dentro do sistema penitenciário. Me considero assim, porque eu fui um dos primeiros a ser indicado como diretor de presídio, e depois desse período entre altos e baixos, eu era lembrado e estava pronto para assumir novas responsabilidades; e foi assim até o final do meu ciclo dentro da Agepen”, agradeceu, destacando que a vivência que teve durante todos esses anos nunca serão apagadas, “tenho muito carinho e respeito por todos os servidores penitenciários, que graças à criatividade e competência, fazem acontecer ações muito positivas, apesar das poucas condições disponíveis”, afirmou Pedro Carrilho.

Conforme programação da Escola Penitenciária, ao final, os dirigentes participantes do encontro deverão apresentar um relatório sobre os temas expostos em todo o encontro, pontuando dificuldades relacionadas ao trabalho administrativo, apontando soluções tangíveis, as expectativas e sugestões de temas para outros encontros.

Também participaram da abertura os diretores de área da Agepen, Acir Rodrigues (Operações), Elaine Arima Xavier Castro (Assistência Penitenciária), Arnold Rosenacker (Administração e Finanças); chefe de Gabinete, Valdimir Ayala Castro; gerente de Inteligência do Sistema Penitenciário, Pedro Paulo Prieto; além de chefes de divisão.

Texto e Fotos: Tatyane Santinoni.

Publicado por: Tatyane Oliveira Santinoni

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.