Espen divulga balanço de atividades de 2015 e ações previstas para este ano

Categoria: Geral | Publicado: sexta-feira, janeiro 8, 2016 as 07:00 | Voltar

Campo Grande (MS) – A Escola Penitenciária de Mato Grosso do Sul (Espen/MS) divulgou o balanço das atividades e cursos realizados em 2015. Conforme os dados apresentados, foram 1098 capacitados em cursos extensivos, específicos para servidores da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen).

As capacitações foram realizadas nas áreas de Administração e Finanças, Segurança e Custódia e de Assistência e Perícia, além do treinamento em defesa pessoal; todas desenvolvidas por meio de parcerias com a Fundação Escola de Governo (Escolagov), com o Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN) e a Counter Terrorism Experts (C.E.T.T.A), além do apoio do Sindicato dos Servidores da Administração Penitenciária (Sinsap).

De acordo com o diretor da Espen, Vilson Guedes, uma das novidades conquistadas no ano passado, e que será repetida em 2016, é a descentralização das atividades, através de oferecimentos de cursos em polos regionalizados nas maiores cidades. “Uma grande reclamação dos agentes era que apenas na Capital ocorriam os cursos, por isso procuramos beneficiar servidores também do interior”, destaca, citando como exemplo a qualificação para a promoção funcional realizada, além de Campo Grande, também em Dourados, Três lagoas e Corumbá.

Segundo o diretor-presidente da Agepen, Ailton Stropa Garcia, um dos desafios previstos para este ano para a Escola Penitenciária está a realização do curso de formação para novos agentes penitenciários, cujas provas do concurso devem iniciar em abril. A formação está prevista para ocorrer em outubro.

Outra ação importante que está sendo preparada, destaca Stropa, é a realização da capacitação para a composição do Grupo de Intervenção Rápida, Vigilância e Escolta (Girve). O curso será realizado em parceria com o Sistema Penitenciário de Mato Grosso, onde esse tipo de trabalhos já é realizado por agentes penitenciários, e contará também com o apoio também da Diretoria Penitenciária de Operações Especiais do Distrito Federal.

Publicado por: Keila Terezinha Rodrigues Oliveira

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.