Governo vai receber 74 equipamentos de inspeção eletrônica para reforçar segurança em presídios

Categoria: Segurança Pública | Publicado: quinta-feira, julho 2, 2015 as 11:19 | Voltar

Campo Grande (MS) – Estabelecimentos prisionais do Mato Grosso do Sul irão receber do Ministério da Justiça 74 equipamentos de inspeção eletrônica, segundo informou o diretor-presidente da Agência Estadual de Administração Penitenciária (Agepen), Ailton Stropa Garcia, após reunião realizada nessa quarta-feira (1º), em Brasília, promovida pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e Conselho Nacional de Secretários de Estado da Justiça, Cidadania, Direitos Humanos e Administração Penitenciária (Consej).

Inicialmente, de acordo com Stropa, a Agepen será beneficiada com três esteiras de raio x, 12 portais detectores de metais, 18 banquetas de inspeção e 41 detectores manuais, com investimentos na ordem de R$ 387.870,00, sem ônus para o Estado. “Possuem alta tecnologia e, pela primeira vez, estamos recebendo equipamentos desenvolvidos especificamente para serem usados na segurança dos presídios”, destaca.

O diretor-presidente ressalta que, apesar de que todos os estados serão contemplados, houve um grande empenho pessoal do governador Reinaldo Azambuja e do Secretário de Segurança Pública, Silvio Maluf para a efetivação dessa conquista. “O que demonstra que em Mato Grosso do Sul o assunto é tratado como política de Estado com muita responsabilidade”, enfatiza.

Cronograma do Ministério da Justiça estabelece que os equipamentos serão entregues em três etapas: a primeira no mês de agosto; a segunda, em outubro; e a terceira, em novembro. “Estamos trabalhando para que recebamos os nossos já no próximo mês”, informa o dirigente.

Segundo ele, além desses 74, o governo federal deverá entregar mais equipamentos após as olimpíadas. “Outra opção é que também poderemos adquirir esses aparelhos com os mesmos preços e descontos oferecidos pelas empresas ao Depen”, explica.

O anúncio dos repasses dos detectores foi feito pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, durante o encontro nacional do Depen e Consej. A intenção, informou o ministro, é evitar que celulares e armas entrem nas unidades prisionais, evitando também o constrangimento daqueles que vão visitar os internos e as situações vexatórias para as pessoas.

Em todo do País, serão entregues 4419 aparelhos de detecção, cujos investimentos somaram R$ 17 milhões. Foram obtidos de forma direta pelo Departamento Penitenciário Nacional, com o objetivo de uniformizar e estabelecer um padrão de qualidade técnica dos itens.

Confira como funciona cada equipamento:

Sistema de Inspeção de Bagagens por Raio-X - Equipamento de alta tecnologia para inspeção de volumes e objetos. Recursos avançados para detecção de drogas, explosivos, chips de celular e armas. Sistema de identificação de diferentes tipos de matérias através do número atômico. Funções de treinamento do operador com banco de imagens de diversos tipos de ameaças.

Portal Detector de Metais - O portal detector de metal possui sensibilidade personalizável em oito zonas de detecção para maior adequação a diversos padrões de segurança. Além de ampla gama de objetos metálicos, é capaz de detectar pequenas lâminas de material ferroso e não ferroso em diversas orientações.

Banqueta de Inspeção - O detector de metais tipo banqueta é um inspetor totalmente micro processado. É utilizado para inspeção pessoal com a finalidade de detectar objetos metálicos na região pélvica. A detecção ocorre ao sentar na sua base, sem necessidade de desnudamento.

Detector de Metal Manual - O detector de metal manual possui alta sensibilidade, sendo capaz de detectar pequenos objetos metálicos, lâminas e material não-ferroso.

Depen (1) Depen (2) Depen (3) Depen (4) Depen (5) Depen (6) Depen (7) Depen (8) Depen (9) Depen (10) Depen (11) Depen (12) Depen (13)

Publicado por: Keila Terezinha Rodrigues Oliveira

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.