Internos da Máxima da capital são certificados em curso de costura

Categoria: Capacitação | Publicado: terça-feira, setembro 19, 2017 as 17:55 | Voltar

Campo Grande (MS) – Reeducandos do Estabelecimento Penal “Jair Ferreira de Carvalho”, na capital, concluíram o curso “Oficina de Costura - Consertos e Ajustes”. A solenidade de entrega dos certificados foi realizada, nesta terça-feira (19), e contou com autoridades da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), Poder Judiciário, Polícia Militar, Defensoria Pública e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

Ao todo, 17 internos receberam o certificado do curso de costura. Com carga horária total de 80 horas, a qualificação foi oferecida graças à parceria entre Agepen e o Poder Judiciário, por meio da 2ª Vara de Execução Penal. O objetivo foi capacitar os detentos para realizarem consertos e ajustes em peças do vestuário feminino, masculino e infantil em tecido plano.

Para o diretor da penitenciária, Paulo da Silva Godoy, a intenção é utilizar o conhecimento adquirido e a mão de obra desses internos para confeccionar uniformes para todos os detentos da unidade. Em discurso, Godoy frisou a importância da conclusão desse curso de costura, já que as máquinas e a oficina estavam desativadas.

“Eu agradeço o empenho de toda a equipe da Agepen que viabilizou parcerias e recursos para que o curso pudesse ser oferecido para os internos; e a profissionalização é o melhor caminho para buscar reintegrar na sociedade o homem encarcerado. Esse é apenas o primeiro de muitos cursos que buscamos oferecer aqui no presídio”, frisou o diretor.

Representando o Poder Judiciário na solenidade, o juiz da 1ª Vara de Execução Penal de Campo Grande, Caio Brito, ressaltou a importância da iniciativa em oferecer qualificação dentro das unidades penais, além de destacar a visão humanitária que atualmente existe em relação às pessoas privadas de liberdade. “A mensagem que eu deixo é que, primeiramente, acreditem em vocês, e entendam o que estão vivendo hoje é reflexo do passado e, ao receberem esse diploma possa se tornar um reflexo positivo no amanhã”, declarou o magistrado.

Além do aprendizado, os internos participantes receberam remição da pena, conforme estabelecido na Lei de Execução Penal. Todos os cursos profissionalizantes oferecidos a custodiados da Agepen são coordenados pela Diretoria de Assistência Penitenciária, por meio da Divisão de Educação, que acompanha as ações de parceria, atuando junto às instituições e estabelecimentos penais no fornecimento de suporte às qualificações.

Em discurso, o diretor-presidente da Agepen, Aud de Oliveira Chaves, destacou que a busca por parcerias que contribuem no processo de ressocialização de custodiados é constante. “Trabalhamos em prol da sociedade e as ações são desenvolvidas com a dedicação dos servidores e das instituições colaboradoras. Na maioria das vezes, proporcionamos cursos de qualificação que os internos não tiveram enquanto estavam em liberdade e essa é uma oportunidade de recomeço para a mudança de hábitos e comportamentos”, conclui o dirigente.

O custodiado Anderson Correa de Oliveira, 38 anos, falou em nome dos participantes do curso durante a solenidade. “Agradeço a confiança e a oportunidade que nos foi proporcionada; com a conclusão dessa qualificação, nós como detentos, demonstramos que somos capazes de retornar ao convívio social e que estamos dispostos a ter um futuro melhor”, afirmou o reeducando.

Também participaram do evento o chefe de gabinete da Agepen, Pedro Carrilho Arantes; a diretora de Assistência Penitenciária, Elaine Arima Xavier; o coordenador da Defensoria Pública das Varas de Execução Penal, Paulo José Patuto; o comandante do Batalhão de Guarda e Escolta, tenente coronel Emerson Aparecido Carvalho; a gerente do Senac/MS, Ana Olíria; a diretora da Escola Estadual Regina Betine, Cacilda Inácio da Silva; entre outros convidados.

Texto e fotos: Tatyane Santinoni. 

Publicado por: imprensaagepen

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.