Missa realizada no presídio feminino de Campo Grande leva motivação e esperança a reeducandas

Categoria: Assistência Religiosa | Publicado: sexta-feira, junho 15, 2018 as 13:14 | Voltar

Campo Grande (MS) – Celebração realizada no Estabelecimento Penal Feminino “Irmã Irma Zorzi” (EPFIIZ), na capital, levou palavras de renovo, de fé e de esperança que motivaram as internas. A missa foi ministrada pelo padre Hernanni Pereira, do estado do Maranhão, na última quinta-feira (14.6).

O evento contou com a participação de membros da Pastoral Carcerária e integra as ações de assistência religiosa da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) oferecidas dentro dos estabelecimentos penais do estado.

Como ato de fé e espiritualidade, cerca de 60 internas participaram da missa que foi marcada por cânticos, orações e muita emoção. O padre Hernanni proferiu palavras de conforto e de incentivo às internas. “Nunca desanimem, tem gente esperando por vocês lá fora, é importante que possam voltar com dignidade para ajudar seus familiares e continuar vossa missão”, afirmou o padre.

Católica praticante desde pequena, a interna Marize de Fátima Ojeda, de 53 anos, declarou que a fé é o que dá forças para prosseguir. “Adorei a missa, saio cada vez mais leve, é muito necessário ter esse tipo de assistência religiosa dentro da unidade”, contou a reeducanda que também realizou a leitura bíblica durante a celebração.

Segundo a diretora do EPFIIZ, Mari Jane Boleti Carrilho, as celebrações são realizadas regularmente na unidade penal, assim como outras ações religiosas e assistenciais, proporcionando mais espiritualidade às internas e, consequentemente, um cumprimento de pena mais efetivo e humanizado.

Presente na celebração, o diretor-presidente da Agepen, Aud de Oliveira Chaves, agradeceu o apoio da pastoral carcerária e de toda a equipe do presídio que dão o suporte para que as celebrações aconteçam. “As instituições religiosas são muito importantes para que os internos se tornem pessoas melhores, por isso incentivamos a assistência religiosa como forma de estimular a transformação de vidas e a reinserção social”, destacou Aud, agradecendo a realização da Igreja Católica.

Também participaram da celebração o chefe de Gabinete da Agepen, Pedro Carrilho de Arantes; ministros e equipe católica do Maranhão; além de servidores penitenciários da unidade.

Além de realizar a missa, o padre percorreu o pavilhão e os vários setores do presídio, abençoando as instalações, internas e servidoras, com aspersão de água benta.

Texto e Fotos: Tatyane Santinoni

Publicado por: imprensaagepen

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.