Mostra cultural no semiaberto masculino de Três Lagoas incentiva combate à discriminação racial

Categoria: Dia da Consciência Negra | Publicado: segunda-feira, novembro 28, 2016 as 10:32 | Voltar

Três Lagoas (MS) – Em comemoração ao "Dia da Consciência Negra", o Centro Penal Industrial “Paracelso de Lima Vieira Jesus” (CPITL), de Três Lagoas, realizou, na última quinta-feira (24), uma Mostra Cultural, tendo foco a ressocialização e a integração dos reeducandos com o meio social e o combate à discriminação racial.

Vários trabalhos confeccionados pelos internos da unidade, que estudam, foram expostos durante a Mostra, desenvolvida por meio de parceria entre a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) e a Escola Estadual Polo "Regina Anffe Nunes Betine", responsável pelo ensino em presídios de Mato Grosso do Sul. Artesanatos e artefatos da época da escravidão, confeccionados pelo artesão Mateus Alves, curador da mostra no presídio, também fizeram parte da exposição.

Na oportunidade, foi ministrada uma palestra pelo professor doutor da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Vitor de Oliveira, discursando sobre a história dos negros no Brasil desde a época da escravatura até os dias atuais. O palestrante enfatizou as culturas,  trabalhos desenvolvidos pelos negros e os tipos de descriminação racial que eles sofrem.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O dia 20 de novembro foi instituído no Brasil como o "Dia da Consciência Negra" em homenagem à data da morte do líder negro "Zumbi", que lutou contra a escravidão no Brasil.

A mostra foi coordenada pelo diretor do CPITL, José Antônio Garcia Sales, e  equipe de servidores da unidade, contando, ainda, com as presenças da diretora do Estabelecimento Penal Feminino de Três Lagoas, Leonice Miranda Rocha Guarini, da coordenadoria pedagógica e de professores da Escola Regina Betine.

Segundo o diretor-presidente da Agepen, Ailton Stropa Garcia, ações educacionais são foco da instituição no trabalho de reinserção social.

 

Publicado por: Keila Terezinha Rodrigues Oliveira

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.