No Dia Internacional da Mulher, detentas do semiaberto da Capital recebem exames de prevenção ao câncer

Categoria: Saúde Prisional | Publicado: terça-feira, março 8, 2016 as 16:25 | Voltar

Campo Grande (MS) – No Estabelecimento Penal Feminino de Regimes Semiaberto, Aberto e de Assistência aos Albergados de Campo Grande (EPFRSAAA-CG), o Dia Internacional da Mulher foi marcado por ações de prevenção e cuidados com a saúde. As internas receberam exames de Papanicolau e mamografia na unidade móvel do Hospital do Câncer de Barretos.

A iniciativa no presídio faz parte de uma parceria entre a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), Hospital do Câncer de Barretos, Instituto de Prevenção Antônio Morais dos Santos, Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres e Igreja Batista.

IMG-20160308-WA0025Na unidade móvel, as mamografias são digitais, e a coleta de Papanicolau em base líquida, o que aumenta em 100% a eficácia dos laudos. A carreta do Hospital do Câncer de Barretos também possui o mamógrafo mais avançado do Mato Grosso do Sul.

Os exames de colo do útero foram destinados a detentas com idades entre 25 e 65 anos e os de mama, de 40 a 69, totalizando 77 papanicolaus e 20 mamografias realizados.

De acordo com o diretor-presidente da Agepen, Ailton Stropa Garcia, a ação dá continuidade aos trabalhos já realizados na unidade fechada de Campo Grande. “Estamos verificando a possibilidade de estendermos os atendimentos também aos estabelecimentos prisionais femininos do interior”, informou durante visita aos trabalhos da unidade móvel.

Coordenador da iniciativa no presídio, através da Divisão de Saúde, o diretor de Assistência Penitenciária da Agepen, Gilson de Assis Martins, destacou que essa ação é uma de muitas que vêm sendo desenvolvidas em prol da população privada de liberdade no Estado. “Temos também em andamento um projeto de prevenção e combate à tuberculose e de HIV, parceria com a Secretaria Estadual de Saúde, entre muitas outras”, disse.

A diretora do EPFRSAA-CG, Rita Luciana Domingues, ressaltou que o mutirão ajuda a reforçar os atendimentos de saúde, atingindo um maior número de custodiadas.

Palestras

Na noite de ontem (7), a custodiadas do semiaberto da Capital também receberam orientação sobre os cuidados para a prevenção ao câncer, através de palestra ministrada pela enfermeira Diãniffer Capellesso, do Instituto de Prevenção Antônio Morais dos Santos Regional do Hospital do Câncer de Barretos.

Outro assunto discutido, foi a “Prevenção da Dengue”. O tema foi apresentado pela representante Instituto Veredas da Fé, Alcina Reis. Também houve momento de oração com a pastora Janete Morais.

 

Publicado por: Keila Terezinha Rodrigues Oliveira

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.