Nova estruturação da base do COPE na capital garante maior segurança e estratégia nas rotinas de trabalho

Categoria: Sistema Penitenciário | Publicado: quarta-feira, janeiro 26, 2022 as 14:12 | Voltar

A base do Comando de Operações Penitenciárias (COPE), em Campo Grande, ganhou uma nova portaria, que garantirá maior segurança no acesso ao local, além de possibilitar a estruturação de outras áreas do prédio, já que agora conta com mais espaço.

Portaria possibilitará maior controle e segurança durante acesso.

A obra integra o processo de estruturação do COPE, que recentemente também recebeu mais armas, algemas e equipamentos de proteção individual. Está em andamento também o processo para aquisição de mais itens necessários aos serviços prestados pela equipe, que atua como força de reação do sistema penitenciário de Mato Grosso do Sul.

O diretor-presidente da Agepen, Aud de Oliveira Chaves, visitou a base do comando, nesta quarta-feira (26.1), para verificar o resultado das obras. A visita foi acompanha pelo diretor de Operações, Alírio Francisco do Carmo, e pelo chefe da Divisão de Estabelecimentos Penais, Leoney Martins, que respondem pelas funções, no momento, em caráter de substituição legal.

Durante a visita, o diretor-presidente destacou o trabalho que vem sendo realizado pelo Grupo. "São profissionais dedicados e que já fazem parte da história da Agepen como os primeiros a executarem estas novas atribuições que serão pertinentes à Polícia Penal", disse, elogiando também o serviço de referência que vem sendo desenvolvido.

Capacetes, algemas e armas irão aprimorar as atividades do Grupo.

Segundo o comandante do COPE, Richard Dias, a nova portaria irá proporcionar mais organização no acesso ao local, que antes era feito apenas pelo portão de entrada das viaturas. "Poderemos ter um controle melhor", ressaltou, reforçando que  funcionará como as portarias das unidades prisionais, com registros de entradas e saídas. A construção foi executada com recursos próprios da Agepen, com utilização de mão de obra prisional.

A instalação do Setor de Portaria dá continuidade ao processo de reestruturação que a base do COPE vem recendo desde que foi instalada no local, composta inicialmente por apenas duas pequenas salas.  Recentemente, o prédio já havia passado por obras de reformas e ampliação, com a construção de salas com segurança reforçada.

Instituído há quatro anos na estrutura da agência penitenciária, o COPE é o primeiro grupo especializado da instituição em intervenções prisionais em situações de crise ou para a realização de “operações pentes-finos” em presídios estaduais. Também é do grupo especial a responsabilidade de realizar escoltas consideradas de alto risco.

O Comando de Operações Penitenciárias é subdividido em sua estrutura em Grupo de Intervenção Tática (GIT) e Grupo Tático de Escoltas (GTE). Além de Campo Grande, sede do comando, possui bases em Corumbá, Dourados e Naviraí.

Texto e fotos: Keila Oliveira

 

Publicado por: Keila Terezinha Rodrigues Oliveira

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.