Parceria entre Agepen e Prefeitura beneficia diretamente população de Dois Irmãos do Buriti

Categoria: Sistema Penitenciário | Publicado: segunda-feira, janeiro 30, 2017 as 07:32 | Voltar

Dois Irmãos do Buriti (MS) – O sistema penitenciário em benefício direto à sociedade, fazendo com que a ocupação prisional leve oportunidade de reinserção a custodiados, contribuição à população mais carente e melhorias estruturais para a cidade. Essa é a proposta da parceria estabelecida entre a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) e a Prefeitura Municipal de Dois Irmãos do Buriti, e que está sendo ampliada com novas iniciativas este ano.

Entre as ações que são fruto da parceria está a horta instalada na Penitenciária de Dos Irmãos do Buriti (PDIB), cultivada pelos presos, que fornece hortaliças e legumes para escolas públicas, creches, hospitais e instituições de assistência do município.

“Graças à parceria, este ano a plantação deverá ser ampliada”, destaca o diretor da PDIB, Paulo Inverso Elias, que se reuniu recentemente com o prefeito da cidade, Edilson Zandona de Souza e com o secretário de Agricultura, Luiz Carlos Zacarim. “Buscamos, em nossa unidade penal, parceiros e melhores oportunidades, para que, juntos, possamos trabalhar a autoestima e a ressocialização dos internos”, complementa o diretor.

2005_0109orta0002

Segundo o dirigente, a intenção é que também sejam plantadas ramas de mandioca no entorno do estabelecimento prisional, para garantir que o mato não cresça, mantendo a limpeza do local, e também para consumo dos próprios internos e doações a pessoas de baixa renda.

Para o diretor-presidente da agência penitenciária, Ailton Stropa Garcia, parcerias como essas são muito importantes, tanto para o Município, como para a unidade prisional e seus internos, devendo ser sempre estimuladas e parabenizadas, porque possibilitam a reinserção social e evitam a reincidência.

De acordo com o diretor de Assistência Penitenciária da Agepen, Gilson de Assis Martins, muitas são as parcerias da autarquia com municípios e empresas privadas, tanto para fornecer trabalho a internos do regime fechado como dos regimes semiaberto e aberto.

Durante o encontro – que contou com a participação da chefe do Setor de Trabalho da penitenciária e do responsável pelo Setor Jurídico, agentes Edenir Moura Lopes Garcia e Ednei Gomes de Brito, respectivamente – também foi aprovado o apoio ao fornecimento de materiais para a marcenaria da unidade prisional, onde serão reformadas carteiras para escolas e creches. 

Outro ponto importante que deverá ser concretizado é a reativação da máquina de fabricação de lajotinhas na penitenciária, cujos materiais produzidos serão utilizados no calçamento da cidade.

Publicado por: Keila Terezinha Rodrigues Oliveira

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.