Pastoral Carcerária contribui para Campanha de Inverno da Agepen

Categoria: Geral | Publicado: quinta-feira, maio 19, 2016 as 10:31 | Voltar

Campo Grande (MS) - A Pastoral Carcerária Arquidiocesana de Campo Grande realizou a doação de cobertores, calçados, agasalhos e roupas infantis para serem distribuídas as unidades prisionais de Campo Grande e repassados aos internos. Parte da doação entregue na Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), na última semana, foi repassada pela Associação Redentorista Filhos de Maria – AFIM para Pastoral Carcerária.

A doação faz parte da “Campanha de inverno 2016”, lançada em março pela Agepen e pelas instituições que realizam assistência religiosa voluntária nos presídios de Mato Grosso do Sul, com o objetivo de ajudar os internos, principalmente os que não recebem apoio de familiares, que moram em outros estados ou até em outros países.

O diretor-presidente da Agepen, Ailton Stropa Garcia, explica que as arrecadações estão sendo feitas totalmente pelas instituições cadastradas, que prestam assistência religiosa voluntária nos presídios, com apelo junto aos fiéis durante cultos, missas e demais realizações.

Segundo Carmelita Luzia de Moura Fé, a colaboração da AFIM foi muito importante para aumentar a arrecadação dos itens para campanha. “Não podemos fechar os olhos para a realidade dessas pessoas, que na maioria das vezes é carente, não tem família ou está com a família destruída”.

Para o diretor de Assistência Penitenciária da Agepen, Gilson Martins, o trabalho realizado pela Pastoral Carcerária contribui, para que de alguma forma, a sociedade consiga se solidarizar com essas pessoas, que nesse momento estão privadas da liberdade. “Não só a ajuda material, mas também a espiritual, presentes através das instituições religiosas nos presídios contribuem para que eles vejam que todos podemos nos recuperar”, pontua.

O padre Carlos Henrique Botura – assessor Eclesiástico da Pastoral Carcerária Arquidiocesana, disse que a arrecadação de doações para campanha tem como principal objetivo, colocar na prática o que Jesus nos pede: misericórdia. “O que a pastoral quer é recuperar e reinserir essas pessoas na sociedade, através da religião e da fé, resgatando vidas! As doações são um exercício da misericórdia que Deus nos pede diariamente”, enfatiza.

Fonte: Santuário Perpétuo Socorro

Publicado por: Keila Terezinha Rodrigues Oliveira

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.