Policiais penais interceptam drogas e materiais ilícitos em presídios de Dourados e Rio Brilhante

Categoria: Sistema Penitenciário | Publicado: segunda-feira, outubro 26, 2020 as 10:49 | Voltar

Policiais penais frustram tentativa de entrada de materiais ilícitos durante o final de semana nos presídios masculinos de Dourados e Rio Brilhante. Ao todo, foram apreendidos celulares, baterias, chips, carregador, fone de ouvido, pendrives, cartão de memória e entorpecentes.

No maior presídio de Mato Grosso do Sul – a Penitenciária Estadual de Dourados (PED) – o flagrante aconteceu durante a entrega de pertences realizada na última sexta-feira (23.10), por volta das 08h30.

A visitante levava produtos de limpeza a um interno da unidade penal e ao revistar os materiais foram detectadas várias porções de substância análoga à maconha dentro de um frasco de água sanitária e de dois frascos de desengordurante.

Ao todo, foram apreendidos cerca de 400 gramas de drogas escondidas, além de quatro pendrives, um cartão de memória e um fone de ouvido.

Questionada, a visitante afirmou que pegou os pertences de uma senhora que informou ser a madrinha do seu filho.

Já no Estabelecimento Penal de Rio Brilhante, os policiais penais detectaram pelo sistema de videomonitoramento uma movimentação estranha na galeria D. Ao se deslocarem até o corredor, se depararam com dois internos encapuzados com vários cabos de vassouras emendados tentando puxar algo da parte de cima do solário.

Em Rio Brilhante, materiais ilícitos foram arremessados pela muralha e interceptados pelos policiais penais.

Os servidores verbalizaram para que parassem com a atitude, porém continuaram e eram incitados a continuar pelos outros presos. Depois de muito insistir, os internos entraram na cela e foram imediatamente identificados.

Em seguida, os policiais penais subiram até o solário e encontraram dois invólucros que continham três celulares, sendo um deles com dois chips, além de quatro baterias e parte de um cabo de carregador.

Após o ocorrido, os envolvidos foram isolados em cela disciplinar e responderão Procedimento Administrativo Disciplinar (Padic).

Os produtos ilícitos apreendidos, bem como, a visitante foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil dos respectivos municípios para registro de ocorrência e providências cabíveis.

Publicado por: imprensaagepen

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.