Profissão: Agente Penitenciário

Categoria: Poemas | Publicado: quarta-feira, outubro 10, 2018 as 07:14 | Voltar

É ferro, é pedra, são grades, muralhas cercando,
É a mão forte da lei, reeducando.
É força, trabalho, sonho, profissão,
É luta, é batalha, uma grande missão.

É o homem, é a mulher, é a paz social,
O desejo, o encargo, o ofício da reintegração.
Em salas fechadas fornece atenção
Assiste, acompanha, aponta a direção.

Não é Crime e Castigo¹
É a Norma, a mão da Justiça
O suporte, o abrigo
A fala que guia, fornece o caminho
Não Vigiar e Punir²
Dar esperança, imbuir.

É o Estado, é a Lei
É a força, é a farda, nem herói, nem vilão
Tem nos seus ombros uma árdua tarefa
Manter a custódia, promover a integração.

Autora:  Agente Penitenciária Rosely dos Santos Cacho Barros – Lotada no Estabelecimento Penal de Aquidauana – EPA.

¹Romance do escritor russo Fiódor Dostoiévski publicado em 1866.
² Michel Foucault, publicado originalmente em 1975, obra que alterou o modo de pensar e fazer política social no mundo ocidental.
Obs.: As referências às obras no texto são meramente uma alusão aos títulos, não se referem ao conteúdo das mesmas.

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.