Projeto de saúde desenvolvido em unidade de Rio Brilhante leva maior atenção a custodiadas obesas

Categoria: Saúde Prisional | Publicado: terça-feira, janeiro 17, 2023 as 07:35 | Voltar

“Saúde Total: mudando hábitos e perdendo peso” é o nome do projeto que que está sendo realizado no Estabelecimento Penal Feminino de Rio Brilhante (EPFRB) em atenção a custodiadas que se encontram em grau de obesidade 2 e 3.

Além de estimular a perda de peso, a iniciativa busca propiciar o entendimento sobre os riscos da obesidade, promover a prática de exercício físico, estimular a exposição à luz solar e o consumo regular de água.

O projeto foi elaborado pelo Setor de Saúde em conjunto com a direção da unidade prisional, após as profissionais observarem que que algumas custodiadas se encontram em grau de obesidade, o que acarreta em inúmeros prejuízos à saúde, tais como hipertensão, diabetes, problemas cardíacos, respiratórios, entre outros.

O “Saúde Total” teve início nessa segunda-feira (16.1) com programação, inicialmente, de durar seis meses. No momento, 14 internas voluntárias estão inseridas nas ações. “Semanalmente serão realizadas rodas de conversa, conduzidas por profissionais da área da Saúde, Serviço Social, Psicologia e Nutrição, abordando temas variados”, explica a diretora do EPFRB, Lígia Maria Asato.

Segundo a dirigente, está sendo formalizada parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social de Rio Brilhante para disponibilização de uma psicóloga, e com a Fundação de Cultura, Esporte e Lazer de Rio Brilhante para profissional de Educação Física.

Entre os assuntos trabalhados com a reeducandas estão: alimentação adequada e saudável; consequências da obesidade; fome e saciedade; teor de sal, açúcar e gordura nos alimentos; leitura de rótulo dos alimentos; importância da água e das fibras; autoestima e motivação, fatores emocionais que contribuem para ganho de peso; exercício físico e emagrecimento.

O projeto é coordenado pela policial penal Fernanda Araújo, responsável pelo Setor de Saúde a unidade, em conjunto com a técnica de enfermagem Zuleide Marques, e conta também com o apoio de outras servidoras que possuem conhecimento na área como a policial penal Flávia Adriane Borges, que é formada em Nutrição. Além disso, tem o suporte da empresa Nutri &Saúde, responsável pelo fornecimento da alimentação às custodiadas do presídio de Rio Brilhante.

 

 

 

 

Publicado por: Keila Terezinha Rodrigues Oliveira

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.