Semiaberto feminino de Dourados realiza doação de verduras orgânicas ao Banco Municipal de Alimentos

Categoria: Ação Social | Publicado: quinta-feira, agosto 17, 2017 as 15:08 | Voltar

Dourados (MS) – Verduras produzidas na horta orgânica por internas do Estabelecimento Penal Feminino de Regimes Semiaberto e Aberto de Dourados (EPFRSAAA-D) foram doadas ao Banco de Alimentos do município. O objetivo é reforçar a alimentação de famílias em situação de vulnerabilidade e as doações serão semanais.

Inaugurada há dois anos, a horta orgânica do EPFRSAAA-D garante ocupação produtiva às custodiadas e reforço também a alimentação servida no presídio. No local, são plantados hortaliças e legumes diversos como couve, alface, coentro, cebolinha, salsinha, rúcula, cenoura e beterraba, além de plantas medicinais.

A doação integra  parceria entre a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) e a Prefeitura Municipal de Dourados, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura Familiar e Economia Solidária (Semafes), que contribuiu com orientação técnica para a implantação do espaço na unidade feminina. No primeiro momento, 200 pés de alface foram entregues.

Recentemente, a Prefeitura e a Agepen firmaram convênio de implantação de uma horta orgânica no presídio semiaberto masculino da cidade, com  objetivo de capacitar internos para o cultivo, bem como contribuir na alimentação de famílias carentes e instituições sociais do município. Na unidade feminina, a horta é uma parceria com o Poder Judiciário, que autorizou a doação ao Banco de Alimentos, já que a produção é destinada, principalmente, a arrecadar fundos para as próprias detentas.

Horta orgânica do semiaberto feminino é uma parceria entre Agepen e Judiciário.

De acordo com a diretora da unidade, Luzia Aparecida Ferreira, a horta do estabelecimento prisional já possui produção suficiente para as doações . “O convênio será firmado oficialmente no próximo mês, mas já estamos realizando as distribuições semanais das verduras orgânicas, e essa parceria será constante com o intuito de contribuir com a alimentação saudável de famílias carentes”, ressalta a diretora.

Durante a entrega das hortaliças, estiveram presentes o coordenador do Banco Municipal de Alimentos, Enio Fernandes, e o secretário da Semafes, Landimark Ferreira Rios; além de agentes penitenciários e a diretoria do semiaberto feminino.

Para o diretor-presidente da Agepen, Aud de Oliveira Chaves, o cultivo de hortaliças em presídios do estado  proporciona ocupação lícita e aumenta a consciência ambiental dos detentos, além de, muitas vezes, ser revertido em benefício da sociedade. “O nosso foco é incentivar mudanças de valores e comportamentos dos custodiados, de forma que também possamos contribuir com o bem-estar da população", finaliza.

Espaço Renascer

A horta orgânica do semiaberto feminino de Dourados integra o Espaço Renascer,  área destinada à venda de artesanatos, verduras e plantas medicinais que são cultivadas pelas custodiadas.  A iniciativa é realizada pela Agepen, por meio da direção do presídio, em parceria com a 3ª Vara de Execução Penal. 

O local é aberto ao público, como forma de diminuir o preconceito com as mulheres em situação de prisão, além de facilitar o acesso ao que é produzido no presídio, e ajudar no processo de reinserção social.

Texto: Tatyane Santinoni e Keila Oliveira.

Publicado por: imprensaagepen

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.