Servidoras do EPFIIZ recebem palestra sobre convivência

Categoria: Mês da Mulher | Publicado: quarta-feira, março 9, 2016 as 07:30 | Voltar

Campo Grande (MS) – “É preciso saber viver e conviver” foi tema da palestra ministrada a servidoras do Estabelecimento Penal Feminino Irmã Irma Zorzi (EPFIIZ), na capital, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, como parte da parceria estabelecida entre a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) e a Secretaria de Administração do Estado (SAD).

A palestra foi apresentada pela coordenadora de "Promoção da Saúde e Valorização do Servidor",  da Superintendência de Desenvolvimento de Pessoas da SAD, Giselda Giffone, que é psicóloga especializada em Gestão Pública .

Com a temática,  a psicóloga destacou a importância da profissão de agente penitenciário como sendo "a segunda mais perigosa e de alto nível de estresse e tensão do mundo". Ressaltou também  que "a agente penitenciaria, além de cumprir seu papel de servidora publica, oferecendo seu trabalho para manter a segurança de outras pessoas, muitas das vezes colocando sua própria segurança em risco, ainda tem que cuidar de seu lado mulher com as obrigações com família, filhos e outros afazeres fora do ambiente de trabalho".

A psicóloga também mostrou que a boa convivência no ambiente de trabalho reflete diretamente no dia a dia e, para que isso ocorra, é necessário respeitar a individualidade de cada um.

A diretora do presídio, Mari Jane Boleti Carrilho, agradeceu e parabenizou todas as mulheres pelo Dia Internacional da Mulher, que simboliza lutas e vitórias. “As nossa conquista não é medida pela força, mas sim por nossa sensibilidade. Aqui no EPFIIZ , cada equipe e cada setor possui sua liderança sem ser machista, o que traz encantamento ao nosso trabalho”.

A chefe de Equipe do EPFIIZ, Marcia Joanita Castedo, falou, representando as demais servidoras, sobre os muitos desafios de se trabalhar no presídio feminino. "Mas  com o trabalho em equipe, envolvendo as áreas de Segurança e Custodia, Administração e Finanças, Assistência e Perícia e Setor de Saúde, os obstáculos são transpostos e os objetivos alcançados", afirmou.

Presente no evento, a chefe da Coordenadoria de Operações das Unidades Penais Femininas, Jane Maria Mota Stradiotti, elogiou o trabalho desenvolvido no EPFIIZ, unidade que concentra, segundo ela, 30% da massa carcerária, bem como 40% do efetivo de agentes femininas também.

Já a chefe da Divisão de Promoção Social da Agepen, Alessandra Siqueira, ressaltou a importância da mulher no Sistema Penitenciário, salientando a complexidade do trabalho, principalmente, nas unidades penais femininas.

Apesar de não participar do evento, o diretor-presidente da Agepen, Ailton Stropa Garcia, fez questão de destacar que "a iniciativa do EPFIIZ valoriza a dedicação de cada servidora, que desempenha um papel fundamental".

Stropa ressaltou ainda que  as servidoras "são guerreiras e desenvolvem com exatidão, comprometimento e responsabilidade os trabalhos a elas confiado".

Aniversariantes do Mês

Na oportunidade, foi comemorado também o "Aniversariantes do Mês e entregue brindes às mulheres presentes e aos aniversariantes.

Colaborou Kamila Sanches, do EPFIIZ.

Publicado por: Keila Terezinha Rodrigues Oliveira

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.