Servidores do EPFIIZ e da PED interceptam drogas durante revistas de pertences

Categoria: Segurança Pública | Publicado: quarta-feira, novembro 17, 2021 as 13:20 | Voltar

Servidores da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) apreenderam, nesta quarta-feira (17.11), entorpecentes escondidos no cós de uma calça jeans, que estava em posse de um advogado, durante a entrega de pertences no Estabelecimento Penal Feminino “Irmã Irma Zorzi” (EPFIIZ), na capital.

O flagrante ocorreu por volta das 10h15, durante a revista nos pertences levados pelo profissional, que tem prerrogativa para isso, para ser entregue a uma das internas custodiadas no EPFIIZ. Foram localizados 633 papelotes, cuja suspeita é que seria de substância análoga ao entorpecente K4, droga sintética composta por ingredientes artificiais feitos em laboratório, que provoca efeitos parecidos com os da maconha, porém em uma proporção bem maior. O material foi encaminhado para delegacia especializada para constatação, onde verificou-se que se tratava de LSD.

Segundo informações da unidade prisional, ao constatar que a droga havia sido descoberta, o advogado empreendeu fuga do local, mas foi capturado e contido pelos servidores penitenciários, chegando a agredir um deles. A captura contou com o apoio de servidores que integram o Grupamento de Escolta Penitenciária (GEP), que estavam no presídio no momento.

A Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS) foi informada da ocorrência e encaminhou uma representante para acompanhar o advogado detido até a Delegacia de Polícia Civil para registro de ocorrência, mediante escolta da Polícia Militar. As imagens do videomonitoramento da unidade prisional também serão fornecidas à polícia.

Este não é o primeiro flagrante de droga sendo entregue em meio a pertences por advogados no presídio feminino. Em março deste ano, entorpecentes foram encontrados escondidos em potes de desodorantes, com nove invólucros contendo maconha e cocaína. Já em setembro do ano passado, os servidores flagraram um advogado tentando entregar porções de maconha escondidas dentro de um tubo de creme dental.

Penitenciária de Dourados

Na Penitenciária Estadual de Dourados, durante revista de pertences, no último sábado (13.11) servidores localizaram com um visitante porções de K4 escondidas em maços de cigarros, levados para serem entregues a um custodiado. Ao todo, foram apreendidos 478 pontos da droga sintética.

O visitante foi encaminhado para Delegacia de Polícia Civil para registro de ocorrência e demais sanções cabíveis.

Publicado por: imprensaagepen

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.