Servidores penitenciários devem procurar postos de vacinação para imunização contra a gripe

Categoria: Geral | Publicado: sexta-feira, abril 29, 2016 as 14:04 | Voltar

Campo Grane (MS) – A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começa oficialmente neste sábado (30). Servidores que trabalham no sistema prisional também fazem parte do público alvo e deverão procurar uma unidade básica de saúde para imunização, munidos da carteira de identidade funcional. A informação é da Divisão de Saúde da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen). A campanha segue até o dia 20 de maio.

Segundo o Ministério da Saúde, a vacinação protege contra três subtipos do vírus da gripe – A (H1N1), A (H3N2) e influenza B. Ainda de acordo com o ministério, a vacina contra a gripe é segura e reduz complicações que podem produzir casos graves da doença, internações e óbitos. Estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza.

Dados do Ministério da Saúde apontam que, até 16 de abril, foram registrados 1.635 casos de influenza de todos os tipos no Brasil, sendo 83% (1.365) pelo vírus H1N1, além de 230 mortes. Em Mato Grosso do Sul foram 14 registros, dos quais três resultaram em morte.

Detentos

A população carcerária também faz parte da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe e será imunizada na própria unidade prisional.

Conforme o farmacêutico bioquímico da Agepen, Walter José Góes Moreno, a imunização dos internos está programada para ter início na segunda quinzena de maio, com datas definidas entre as direções dos presídios e as secretarias municipais de saúde.

Publicado por: Keila Terezinha Rodrigues Oliveira

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.