Tendo Agepen como modelo, programa “Governo Consciente” quer reduzir gastos em custeio

Categoria: economia | Publicado: quarta-feira, novembro 11, 2015 as 08:43 | Voltar

Campo Grande (MS) – O programa “Governo Consciente” vai trabalhar a conscientização dos servidores na geração da economia do dia a dia, com o foco voltado principalmente no consumo consciente e no uso eficiente dos recursos públicos. A campanha tem por objetivo reduzir os custos com os gastos em custeio, tendo como modelo a ideia praticada na Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), onde se conseguiu economizar cerca de R$ 400 mil na conta de água.

A iniciativa foi lançada esta semana pelo governador Reinaldo Azambuja, e é coordenada pela Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização (SAD), que já está monitorando mensalmente gastos com água, energia elétrica, telefonia, passagens aéreas, diárias, vale transporte, combustível e manutenção de veículos, e passado as secretarias para que elas tomem conhecimento de onde estão sendo gastos os recursos públicos.

Para o governador, a eficiência desse programa passa pela consciência coletiva de cada servidor, que economizando um pouco, poderá ajudar muito na economia do Governo. “O engajamento dos servidores nesse programa é muito importante para o sucesso desse programa, e um pouco que cada um de nós economizarmos, será muito importante para a economia do Estado”, disse, durante a solenidade de lançamento da campanha na última segunda-feira (9), que contou com a presença do diretor-presidente da Agepen, Ailton Stropa Garcia. Na oportunidade, o governador também elogiou o exemplo da agência penitenciária e disse que o esforço da instituição deve ser um modelo seguido pelos outros órgãos do governo.

Cada secretaria receberá uma urna para sugestões e críticas e destacou que o programa objetiva transformar os gastos do Governo, atingindo todos os órgãos, como escolas, delegacias e outros. “Nossa meta é conscientizar todos os servidores de todos os órgãos”, finalizou.

Termo de Cooperação

Ainda durante o lançamento do programa, foi assinado um termo de cooperação entre a SAD e as demais secretarias de Estado, que aderiram ao programa com o objetivo de contribuir para a economia dos recursos públicos. O termo de cooperação foi assinado pelo governador Reinaldo Azambuja e todos os secretários de Estado.

O programa conta com a parceria das secretarias de Estado da Casa Civil, Governo e Gestão Estratégica e com a Subsecretaria de Comunicação.

Publicado por: Keila Terezinha Rodrigues Oliveira

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.