Governo divulga trabalhos não habilitados para o 12º Prêmio de Gestão Pública

Categoria: Prêmio Gestão | Publicado: terça-feira, setembro 26, 2017 as 11:17 | Voltar

Campo Grande (MS) – O Governo do Estado por meio da Secretaria de Administração e Desburocratização (SAD) e Fundação Escola de Governo tornou publica através do Diário Oficial do Estado (DOE) de ontem (25) a lista de trabalhos não habilitados inscritos na 12º edição do Prêmio de Inovação na Gestão Pública.

De acordo com a Escolagov, ao todo foram 73 trabalhos inscritos nas modalidades Práticas Inovadoras de Sucesso e Ideias Inovadoras Implementáveis, dos quais 15 foram considerados não habilitados, sendo a maior parte deles por falta de documentação que comprove vínculo do autor do projeto com o Estado.

Seguindo os termos do item 11.2 do edital, os interessados em apresentar recurso, tem o prazo de três dias úteis a contar da data da publicação, para preencher formulário disponível no site da Escolagov.

A próxima fase será de avaliação dos projetos conforme o titular da SAD, Carlos Alberto de Assis. “Temos 58 trabalhos que agora serão avaliados pela Comissão Julgadora, composta por 14 membros. Fico muito feliz de ver tantos servidores interessados em participar desse processo de modernização na gestão publica, não apenas pela premiação, mas pela possibilidade de ter sua ideia ou seu projeto implantado a fim de aprimorar as ferramentas já utilizadas no seu setor de atuação. O Prêmio de Gestão busca exatamente isso, valorizar e reconhecer essas ideias inovadoras” destaca Assis.

A comissão julgadora do concurso é composta por membros representantes da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia (Fundect), Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Secretaria de Administração e Desburocratização (SAD), Secretaria de Governo e Gestão Estratégica (Segov), Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems), Federação Sindical dos Servidores Públicos Públicos Estaduais e Municipais do Estado de MS (Feserp) e Fundação Escola de Governo (Escolagov).

O edital completo contendo o número da inscrição de cada projeto não habilitado, bem como o motivo da inaptidão, pode ser conferido aqui.

Mireli Obando, Secretaria de Administração e Desburocratização (SAD)

Foto: David Majella

Publicado por: Keila Terezinha Rodrigues Oliveira

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.